5 Fatores que Comprometem o Crescimento Muscular – Treino Mestre

A hipertrofia muscular é um processo adaptativo de nosso organismo, que advém de algum estímulo externo.

Até ai tudo certo, não é? Porém, esta resposta adaptativa a um estímulo é recorrente de um complexo processo, onde diversos fatores devem ocorrer para que de fato ela ocorra.

Se algum dos processos hipertróficos é alterado, o resultado final também será, seja positiva ou negativamente.

Para te ajudar a entender melhor estes fatores e aprender a evitar os erros mais comuns, acompanhe os que mais comprometem seu processo de crescimento muscular.

Fatores que podem comprometer o ganho de massa muscular

Índice – Informações que você encontrará nesse artigo:

1. Treino sem intensidade:

Segundo Flack (1999) “O tecido muscular só será de fato ativado quando for aplicado sobre ele uma tensão sobre suas fibras.

Caso isto não venha a ocorrer, os músculos não se beneficiaram com o treinamento.

Essa tensão deve ser de um nível de pelo menos 2/3 da força máxima do músculo, o que indica que ela tem que ser superior a normalmente suportada.

Desta forma, se você não tiver uma sobrecarga suficiente para impor um trabalho de pelo menos 2/3 da força total de seu músculo, seu treinamento será em vão.

Muitas pessoas ficam horas treinando, mas terminam sua sessão apenas cansadas, ao invés de terminarem treinadas.

Isso ocorre por diversos motivos, mas com certeza a intensidade é um dos fatores determinantes.

O desenvolvimento e crescimento muscular só ocorre se o estímulo causar microlesões nas fibras musculares e o corpo conseguir recuperar estas até a próxima sessão de treino.

Por isso, ao treinar um grupamento muscular, você precisa dar um período de descanso para estes músculos até a próxima sessão.

Além disso, o sono é fundamental para que o crescimento muscular ocorra.

5. Frequência de treinos:

Um dos maiores fatores que comprometem o crescimento muscular é a falta de frequência nos treinos.

Da mesma forma que treinar se recuperar-se é nocivo ao crescimento muscular, longos períodos sem treino também são. Isso porque seu corpo não passa por um processo adaptativo cumulativo, que é o que causa o desenvolvimento de sua musculatura.

Leia também => 4 erros que você não deve cometer e que prejudicam o que você já conquistou!

Resumidamente, para obter um crescimento muscular não basta levantar pesos de forma aleatória.

É necessário uma estrutura de treino, buscando sempre o desenvolvimento e evitando a estagnação. Bons treinos!

Referências: FLECK, Steven & KRAEMER, William.Fundamentos do treinamento de força muscular.Porto Alegre: Ed. Artmed, 1999. SHARKEY, Brian J. Capacidade muscular. In:Condicionamento físico e saúde. Porto Alegre: Ed. Artmed. p.141-202, 1998.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *