CONFIANÇA

Como os alimentos são transformados em energia?

Processo energético do corpo: como os alimentos são transformados em energia?

A alimentação é essencial para fornecer energia ao nosso corpo, permitindo que possamos realizar as atividades diárias, crescer, pensar, movimentar e executar todas as funções vitais. Mas você já se perguntou como o nosso corpo realiza o processo de transformar os alimentos em energia?

Se tem interesse em entender melhor esse processo incrível, continue lendo este artigo para descobrir como tudo funciona e os resultados dessa equação.

Como os alimentos são transformados em energia?

A energia dos alimentos é obtida através de processos químicos que transformam os nutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) em partículas menores (glicose, aminoácidos e ácidos graxos respectivamente) para que nosso corpo seja capaz de utilizar essas pequenas partículas como combustível.

Como é o processo de geração de energia pelo nosso organismo?

Precisamos de nutrientes (absorvidos pelo sistema digestório) e de gás oxigênio (absorvido pelo sistema respiratório). Essas substâncias são transportadas para as menores partes vivas do corpo por meio do sangue. Como resultado, temos a produção de energia para o corpo funcionar.

Como acontece a distribuição de energia dos alimentos em nosso corpo?

Em condições de repouso, cerca de 30% da energia é consumida pelos músculos esqueléticos e praticamente outro tanto é consumida pelos órgãos abdominais. Em repouso o cérebro consome cerca de 20% e o coração 10% da energia total consumida pelo corpo.

Pratique Fitness: O Cuidado que você merece!

Processo energético do corpo: como os alimentos são transformados em energia?

A Composição dos Alimentos e a Digestão!

Os alimentos que consumimos são compostos por macronutrientes importantes para o organismo: carboidratos, proteínas e lipídeos, também conhecidos como gorduras. Porém, para serem absorvidos pelo organismo, essas estruturas precisam ser quebradas em partes menores, ou seja, fragmentadas em micronutrientes. Esse processo acontece por meio da digestão, que ocorre ao longo do trato digestório, com o auxílio de outros órgãos.

Transformando Alimentos em Energia!

Para que o corpo possa absorver os nutrientes, é necessário que ocorra a quebra dos alimentos por meio da digestão, que envolve tanto a quebra mecânica quanto a química. A quebra mecânica acontece na boca, durante a mastigação, mas sozinha não é suficiente para reduzir as partículas a um tamanho adequado para serem assimiladas. É na quebra química que as enzimas digestivas têm um papel fundamental.

As enzimas digestivas são substâncias responsáveis pelo fracionamento das grandes partículas em menores, por meio da quebra das ligações químicas. Como os tipos de ligações presentes em carboidratos, lipídeos e proteínas são diferentes, existem enzimas específicas para cada uma dessas substâncias: carboidrases, lipases e proteases, respectivamente.

A digestão enzimática começa na boca, mas a maior parte ocorre no intestino. Órgãos como o fígado, a vesícula biliar e o pâncreas fornecem as enzimas e outros compostos químicos necessários para a digestão.

A Absorção dos Nutrientes!

Após serem quebrados, os nutrientes precisam ser absorvidos, e esse processo ocorre no intestino delgado. Os produtos resultantes da quebra dos carboidratos (açúcares) e das proteínas (aminoácidos e peptídios) podem ser absorvidos pelas células do epitélio intestinal, a parede interna do intestino, e, em seguida, pelos capilares.

Já os derivados da digestão dos lipídeos enfrentam um desafio na absorção pelos capilares. Apenas um dos produtos, os ácidos graxos pequenos, consegue atravessar os capilares, enquanto outros derivados são convertidos em triglicerídeos.

Os triglicerídeos não entram nos capilares, mas conseguem entrar nos vasos linfáticos, mostrando a importância do sistema linfático na absorção dos subprodutos dos lipídeos. Após a absorção, esses nutrientes entram na corrente sanguínea e são bombeados pelo coração para todo o corpo, levando a energia necessária para cada célula do nosso organismo trabalhar perfeitamente.

O que Não é Absorvido?

Para os restos não absorvidos dos alimentos, os micro-organismos e as células descamadas das paredes do trato digestório, temos o intestino grosso, onde são formadas as fezes.

O Resultado Dessa Equação!

Como vimos, todos os grupos alimentares são importantes para o bom funcionamento do nosso corpo e a obtenção de energia. Além disso, é essencial manter hábitos saudáveis para preservar o bom funcionamento de todos os órgãos, permitindo que o corpo transforme os alimentos em energia de maneira 100% eficaz.

Entender como ocorre o processo energético do corpo é fundamental para valorizar a importância da alimentação e adotar escolhas saudáveis que beneficiem a nossa saúde e bem-estar. Afinal, nosso corpo é uma máquina incrível que precisa de nutrientes adequados para funcionar de forma eficiente e nos proporcionar uma vida plena e cheia de energia!

Entre em contato com uma unidade Pratique e comece agora mesmo os seus treinos!

Processo energético do corpo: como os alimentos são transformados em energia?

Sempre tem uma academia Pratique perto de você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *