São José realiza semana de mobilização contra arboviroses

Cláudio Souza


Secretaria de Saúde

A Prefeitura de São José dos Campos intensificou o combate ao Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya. Até domingo (3), serão realizadas ações na cidade como parte da Semana de Mobilização para Ações de Controle das Arboviroses Urbanas, promovida pelo Governo do Estado em todos os municípios paulistas.

Os stands estão montados em diversas regiões, com agentes de combate às endemias percorrendo supermercados, parques e shoppings com grande fluxo de pessoas. Eles estão distribuindo materiais educativos e adesivos e orientando os munícipes sobre os cuidados para eliminar criadouros e evitar a proliferação do mosquito.

Nesta quinta-feira (30), das 9h às 16h, a ação das equipes será no supermercado Meu Atacarejo, em Santana, na região norte. As próximas estão programadas para o Carrefour (na sexta-feira, dia 1º) e Shopping Jardim Oriente (no sábado, dia 2). No domingo, dia 3, será no Parque Vicentina Aranha, das 9h às 13h.

Agentes da mobilidade também participam | Foto: PMSJC

Aprovação

Nos 3 primeiros dias da campanha, que começou na segunda-feira (27) e foi realizada respectivamente nos supermercados Max Vale (Putim), Nagumo (Vista Verde) e Piratininga (Jardim Paulista), as tendas receberam 1.190 visitantes. Nesses espaços, os munícipes têm acesso ao mostruário vivo, com demonstração das fases do Aedes: ovo, larva, pupa e mosquito.

“Meu filho e minha neta de 11 anos já tiveram dengue, e sei que esta doença não é brincadeira”, disse a dona de casa Maria de Lourdes Silva, da Vila Iracema. “Todos temos que fazer nossa parte para evitar a proliferação do mosquito.”

A cabeleireira Ivanilda Barbosa de Melo, moradora do Putim, também destacou a importância da conscientização. “Quanto mais informações, limpeza e cuidados, mais saúde para todos nós.”

Mostruário vivo amplia alerta contra criadouros | Foto: PMSJC

Prevenção

A Semana de Mobilização para Ações de Controle das Arboviroses Urbanas é mais uma ofensiva da Prefeitura contra o Aedes aegypti. Com as ações preventivas realizadas constantemente, como as edições da Operação Casa Limpa, arrastões nos bairros e conscientização dos munícipes, os números de casos positivos de dengue estão diminuindo.

Nos 10 primeiros meses deste ano, foram 946 ante 1.678 no mesmo período de 2022, o que representa uma queda de 44%.

No momento, estão sendo executadas vistorias nas regiões leste – Vista Linda, Vila Industrial, Chácara dos Eucaliptos e Vila Tesouro – e sul – Jardim Satélite, Residencial Cidade Jardim e Residencial Jardins.

A colaboração da população é fundamental. Caso identifique terrenos abandonados ou locais que possam servir de criadouros do Aedes aegypti, basta entrar em contato pela Central 156 (telefone, site e aplicativo).

Crianças também estão engajadas | Foto: PMSJC

Alerta

A quarta e última avaliação de densidade larvária de 2023, realizada pela Prefeitura em outubro, registrou o índice breteau de 1,4, que representa estado de alerta em relação à infestação do mosquito.

O programa de controle das arboviroses divide a cidade em 42 áreas, que são visitadas durante a avaliação larvária. As equipes do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) percorreram 3.165 quarteirões, abrangendo 17.791 imóveis.

Realizada a cada trimestre, a pesquisa é fundamental para acompanhar os níveis de infestação ao longo do tempo, identificando os locais prioritários para atuação e norteando as ações de combate ao Aedes aegypti.

Ação dos agentes de combate às endemias prossegue até domingo | Foto: PMSJC

Cuidados

Com a chegada do verão, redobre a atenção

  • Elimine pratos de plantas ou utilize um que seja justo ao vaso e não permita acúmulo de água
  • Descarte pneus usados nos PEVs
  • Retire dos quintais objetos que acumulem água, como potes e garrafas
  • Verifique possíveis vazamentos em qualquer fonte de água
  • Tampe ralos
  • Mantenha o vaso sanitário sempre fechado
  • Identifique sinais de umidade em calhas e lajes e as mantenha sempre limpas
  • Verifique a presença de organismos vivos na água de piscinas ou fontes ornamentais

Adesivos mobilizam população | Foto: PMSJC

 


MAIS NOTÍCIAS

Secretaria de Saúde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *