Agência Minas Gerais | Governador e vice apoiam lançamento do projeto Embaixadoras do Servas

O governador Romeu Zema e o vice-governador, Professor Mateus, participaram, nesta segunda-feira (27/11), do lançamento do projeto de interiorização Embaixadoras do Servas, no Grande Teatro Cemig Palácio das Artes, em Belo Horizonte.

Dirceu Aurélio / Imprensa MG

A iniciativa do Serviço Social Autônomo busca atuar na defesa, promoção e proteção da família, além de promover a prevenção da violência intrafamiliar. A ideia é ampliar a comunicação com os 853 municípios mineiros para construir e fortalecer a rede de apoio, em parceria com os setores público e privado.

A iniciativa do Servas pretende mobilizar primeiras-damas, secretárias municipais e mulheres representantes dos municípios de todo o estado a aderirem ao projeto, auxiliando na promoção e execução das ações da instituição.

“Quero dar os parabéns por mais essa iniciativa que engrandece o trabalho do Servas. Quando se fala em ação e assistência social, o que geralmente nos vem em mente são cestas básicas, doação de roupas e cobertores. Isso precisa ser feito mesmo. Só que geralmente só é feito quando o que deveria prioritariamente ter sido feito, não foi. Que é dar oportunidade para pessoas se desenvolverem. Nosso governo tem atuado nas duas frentes, principalmente frente à necessidade de criar empregos e atrair investimentos. Sem isso, nós não vamos evoluir. Nesses quase cinco anos do nosso governo, conseguimos avanços expressivos”, disse o governador Romeu Zema.

O vice-governador, Professor Mateus, lembrou a importância do projeto para as famílias e pediu apoio das prefeituras. “Eu espero que todas as primeiras-damas, e prefeitos também, possam voltar para casa instigadas a não só levar o trabalho do Servas para os seus municípios, mas também contagiar de uma forma positiva o ambiente dos consórcios municipais de saúde onde vocês se envolvem, os consórcios multifinalitários que possam atuar com o Servas de braços abertos nos projetos. Família é a célula social mais próxima de um indivíduo. Por isso, plantar projetos que sejam capazes de fortalecer as famílias em cada uma das nossas cidades representará, ao longo do tempo, nossa condição de modificação efetiva da nossa estrutura social”, ressaltou Professor Mateus.

Direitos humanos

Estimular a criação e fortalecimento da Rede Municipal de Apoio à Família, viabilizar a inclusão social das pessoas de baixa renda e em situação de vulnerabilidade social ou familiar, e proporcionar conhecimento sobre temas relacionados à promoção e defesa dos direitos humanos aos gestores públicos, gestores privados, trabalhadores e voluntários de entidades que atuam na assistência social são outras metas da iniciativa.

O projeto Embaixadoras do Servas tem respaldo constitucional e legislativo. Por meio da interiorização, o Servas visa alcançar todas as regiões de Minas Gerais, reconhecendo a importância de atender e apoiar a população.

Pesquisas mostram que intervenções focadas no fortalecimento dos vínculos familiares têm impacto significativo na redução de comportamentos de risco e na melhoria das relações familiares.

Protagonismo feminino

Durante a sua fala, a presidente do Servas e primeira-dama do Estado, Christiana Renault, relembrou a história da instituição, o trabalho desenvolvido pelas primeiras mulheres que comandaram a instituição e a inspiração para a criação do projeto.

“Antes mesmo de assumir a minha posição no Servas, este projeto tocou meu coração. Ao ler sobre o Servas e sua história, comecei a pensar como foi importante a sua criação para o protagonismo feminino em uma época em que a mulher tinha uma posição diferente da que tem hoje. São sete décadas de história e, no nascimento do Servas, está a iniciativa de uma mulher pioneira. O simbolismo disso é muito forte” conta.

Ainda durante o evento, a presidente do Servas convidou as gestoras municipais a atuarem no resgate da família ao protagonismo social. “Eu gostaria que cada uma das primeiras-damas dos municípios de Minas Gerais, assim como cada prefeita e vice-prefeita me ajudassem a construir uma rede de apoio à família, pois quando a família está dando o suporte nós temos uma vida social mais homogênea e mais tranquila”, convocou.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *