Óleo de prímula: quais os benefícios, como consumir e dicas.

O óleo de prímula é extraído das sementes de uma planta conhecida como prímula da noite ou salgueiro noturno. Ele é utilizado para fins terapêuticos e oferece muitos benefícios para a saúde, principalmente da mulher. O óleo é rico em ácidos graxos que são essenciais para o organismo, mas que ele não consegue produzir por si só.

Por isso e por outros motivos, é importante incluí-lo em sua alimentação diária. Conheça os benefícios do óleo de prímula:

Quais são as propriedades do óleo de prímula?

O óleo de prímula é muito rico e possui nutrientes e propriedades fundamentais para o corpo humano. Entre os nutrientes estão:

  • Ácido gama linolênico (GLA ou ômega 6);
  • Ômega 3;
  • Ácidos graxos essenciais;
  • Cálcio;
  • Vitamina B.

Graças a eles, o óleo de prímula possui propriedades analgésicas, anti inflamatórias, de controle hormonal e outras.

Quais os benefícios do óleo de prímula para a saúde?

Graças às diversas propriedades e nutrientes do óleo de prímula, ele oferece diversos benefícios para a saúde, como:

Mulheres

O óleo de prímula é recomendado para pessoas de todos os gêneros e de todas as idades. Porém, suas propriedades de controle hormonal fazem com que ele ofereça ainda mais benefícios para as mulheres, como:

  • Reduz os sintomas da menopausa;
  • Alivia os sintomas da TPM;
  • Controla a endometriose.

Pele

Também é um ótimo aliado de quem deseja manter uma pele bonita e bem cuidada, já que o óleo de prímula:

  • Deixa a pele mais firme e hidratada;
  • Reduz a dermatite;
  • Previne o envelhecimento precoce;
  • Reduz a acne.

Organismo

Achou que o óleo de prímula não ofereceria nenhum benefício para seu organismo e para a saúde no geral? Veja o que ele pode fazer por você:

  • Reduz o colesterol;
  • Reduz a pressão arterial;
  • Ajuda no controle da diabetes.

Ossos

Graças ao cálcio presente no óleo de prímula, os ossos também são beneficiados:

  • Fortalece os ossos;
  • Reduz os sintomas da artrite reumatoide.

Há contraindicações ou efeitos colaterais?

O óleo de prímula é contraindicado para mulheres grávidas e pessoas que estão fazendo tratamentos hormonais. Se você se encaixa em um destes casos, é preciso consultar um médico antes de iniciar seu consumo.

O uso do óleo é muito seguro e apresenta pouco ou nenhum efeito colateral. Suspenda o uso e procure um médico se identificar algum sintoma fora do normal, como:

  • Dores de cabeça;
  • Dores abdominais;
  • Náuseas;
  • Diarreia.

Além disso, o óleo de prímula faz aumentar os riscos de hemorragia e o tempo de coagulação do sangue.

Como consumir o óleo de prímula?

A forma mais simples de se encontrar o óleo de prímula é em cápsulas, que podem ser compradas em farmácias e lojas de produtos naturais. O mais recomendado é tomar a cápsula após as refeições, a menos que você esteja fazendo dieta — nesse caso, tome antes de comer.

A dose indicada vai depender do seu objetivo, e é preciso buscar um profissional para lhe indicar a quantidade correta. No geral, não se deve consumir mais de 1.000 mg por dia.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply