3 atitudes que você NÃO deve fazer depois do treino

Você que pratica atividades físicas precisa tomar algumas precauções após o treinamento para fazer com que a academia produza efeitos benéficos de não nocivos ao seu organismo. Pois não basta apenas se concentrar na atividade desenvolvida, é fundamental ser cuidadoso no dia a dia.

Tudo isso para que o desejo por um corpo mais saudável não se transforme em uma cruz difícil de carregar, mas também não vire uma culpa intransponível. Por isso, neste artigo abordaremos o top 3 das atitudes tomadas depois do treino que você não pode ter, caso contrário, o seu corpo poderá sofrer diversos problemas.

o que não fazer no pós treino

 

  1. Sair da linha e abusar da dieta

Depois do treino é normal surgir aquela fome monstruosa. Tanto que muitos não se importam de comerem seguida lanches altamente calóricos, ou de sorver aquele milk-shake delicioso, achando que o treino recompensa o ganho calórico posterior. Mas é aí que mora o grande perigo para a sua saúde. Comer demais após a realização de uma atividade prolongada é muito prejudicial, em especial para quem não é atleta. Isso porque, o seu metabolismo não conseguirá eliminar todo o excesso ingerido, a não ser que você faça muitas horas diárias de treino.

Por isso, é recomendável que, após uma sessão de musculação, a pessoa consuma proteínas e carboidratos. Já quem realizou exercícios para emagrecimento ou definição deve ingerir proteínas, sem carboidratos. Mas tudo sem exagerar, para não perder o que conseguiu com os exercícios e não prejudicar a saúde. O importante é manter uma dieta balanceada, não apenas depois do treino, mas todos os dias, o tempo todo, pois a combinação entre alimentação regrada e exercícios vai fazer com que você emagreça mais rapidamente e os demais objetivos sejam alcançados de forma mais harmônica no seu corpo.

  1. Esquecer de hidratar o corpo

Deixar de se hidratar após a realização de um treino é bastante prejudicial ao seu corpo e afasta você dos resultados esperados com a realização das atividades físicas. Isso porque, pouco tempo após o treino, o corpo ainda está quente por conta da atividade metabólica, logo, você continua perdendo muito líquido por algum tempo ainda depois dos exercícios.

É fundamental que esse líquido seja reposto, sob pena do seu corpo sofrer um déficit de elementos anabólicos. Ou seja, sem água o corpo se recupera de forma mais lenta e os músculos não crescem como deveriam.

Por isto, não deixe de se hidratar. Beba água antes, durante e principalmente depois do treino. Se preferir, consuma isotônicos ou assemelhados, que também ajudam a repor sais minerais importantes para o corpo. Mas saiba que a água é o principal líquido para o nosso organismo, então, é recomendável que você tenha como companhia uma garrafinha de água durante o dia todo.

  1. Sobrecarregar o corpo

Outro problema muito comum e que pode prejudicar você é sobrecarregar o corpo depois do treino. Um exemplo costumeiro que podemos citar é aquela pessoa que faz uma longa sessão na academia e, ao chegar em casa, resolve realizar tarefas cotidianas, seja fazendo uma faxina, carregando peso ou outra atividade caseira não programada.

De cara vai ser bom, pois mostrará que você é um indivíduo ativo, já que terá disposição para fazer as várias obrigações apresentadas naquele momento. Mas os músculos ficarão cansados e a continuidade dessa prática ruim poderá causar o chamado sobretreino, que pode ter um efeito nefasto no organismo.

O sobretreino faz com que o corpo pare de responder positivamente, mesmo que você force e continue treinando, o que pode afetar ainda mais os músculos e articulações. Em geral o sobretreino ocorre devido à alimentação inadequada, aumentos bruscos de carga de treinamento, má recuperação entre os treinos, repouso insuficiente, estresse térmico. Se você perceber alguns dos sinais abaixo, pare de treinar e procure ajuda especializada:

  • Rendimento menor;
  • Não conseguir mais pegar a mesma carga;
  • Sentir alterações hormonais;
  • Emagrecer muito rapidamente;
  • Queda na imunidade;
  • Mudanças frequentes de humor;
  • Ter dificuldade para se motivar e se concentrar;
  • Perder o apetite;
  • Demonstrar apatia.

Entre as recomendações médicas para superar o sobretreino está o repouso e o incremento da nutrição. Mas, para evitar isso, o melhor mesmo é manter uma boa dose de bom senso após terminar o seu treino.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply