O que é a pirâmide alimentar? Como funciona e mais.

Uma boa alimentação, aliada a outros hábitos saudáveis é fundamental para garantir seu bem-estar e o funcionamento perfeito de seu organismo. É preciso consumir a quantidade ideal de alimentos, além de todos os nutrientes necessários. Para facilitar o planejamento de sua alimentação, uma boa opção é seguir os parâmetros indicados pela pirâmide alimentar. Mas… O que é pirâmide alimentar?

Se você tem dúvidas e quer entender mais sobre o assunto, veja as informações a seguir:

O que é pirâmide alimentar?

O que é a pirâmide alimentar? Como funciona e mais.

A pirâmide alimentar é um gráfico que indica a proporção dos alimentos que devem ser consumidos diariamente. Desenvolvida por cientistas e pesquisadores, a primeira pirâmide alimentar foi criada nos Estados Unidos em 1992. Ela foi adaptada para os brasileiros pouco tempo depois, porém, recentemente foi reformulada e inclui-se alimentos típicos do país.

A função da pirâmide alimentar é oferecer um parâmetro do que pode ser considerado uma boa alimentação. Consumindo as proporções indicadas, não haverá o excesso e nem a falta de alimentos importantes.

Porém, a pirâmide foi criada pensando no público geral, desconsiderando restrições alimentares por qualquer motivo. Por isso, contar com a orientação de um nutricionista para criar seu plano alimentar é sempre importante.

Como ocorre a divisão dos alimentos?

Os alimentos da pirâmide alimentar são divididos em 8 grupos, de acordo com sua função nutricional. Além disso, cada grupo faz parte de um dos 4 níveis da pirâmide, que são:

  • Alimentos energéticos;
  • Alimentos reguladores;
  • Alimentos construtores;
  • Alimentos energéticos extra.

Quais são os grupos que compõem a pirâmide alimentar?

O que é a pirâmide alimentar? Como funciona e mais.

Os grupos da pirâmide alimentar são numerados de 1 a 8, sendo que o primeiro é o mais importante e os últimos são aqueles que devem ser consumidos com bastante moderação. Entenda um pouco melhor como funciona:

Grupo 1: alimentos energéticos

Apesar de muita gente acreditar que os carboidratos são vilões, na realidade eles são fundamentais para que o corpo tenha energia suficiente. Tanto que eles são o grupo de alimentos mais importantes e estão na base da pirâmide, no nível de alimentos energéticos.

Neste grupo estão os pães, o arroz, a batata, as massas e os cereais. É recomendado o consumo de 6 porções diárias do grupo 1, ou seja, estes alimentos devem estar presentes em todas as refeições.

Grupos 2 e 3: alimentos reguladores

Os grupos 2 e 3 fazem parte do nível de alimentos reguladores, e são os segundos mais importantes da pirâmide alimentar. O grupo 2 é composto por verduras e legumes, e o grupo 3 pelas frutas. É recomendado o consumo de 3 porções diárias de cada grupo.

Grupos 4, 5 e 6: alimentos construtores

No terceiro nível da pirâmide estão estes alimentos que também são muito importantes e garantem o consumo de diversos nutrientes essenciais para o organismo.

No grupo 4 estão o leite e seus derivados, que devem ser consumidos 3 vezes ao dia. O grupo 5 é composto pelas proteínas, que são as carnes e os ovos. Já o grupo 6 conta com as leguminosas e as oleaginosas. A recomendação é consumir uma porção diária dos grupos 5 e 6.

Grupos 7 e 8: alimentos energéticos extra

Por fim, no topo da pirâmide, estão aqueles alimentos que devem ser evitados, por oferecerem pouquíssimos benefícios para o organismo. No grupo 7 estão as gorduras e no grupo 8 os açúcares. É recomendado consumir no máximo 1 porção diária destes alimentos.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply