Como funciona o óleo de rícino? É bom para a saúde? Veja mais aqui.

O óleo de rícino pode ser um poderoso aliado de sua pele, seus cabelos e até de seu intestino! Extraído da mamona, o óleo tem se popularizado cada vez mais graças a todos os benefícios que ele pode oferecer. Mas é preciso usá-lo com cuidado, pois seu excesso pode causar diversos efeitos colaterais.

Quer conhecer um pouco mais e entender como o óleo de rícino funciona e como ele pode agir em seu organismo? Veja só:

Quais são as propriedades do óleo de rícino?

Como funciona o óleo de rícino? É bom para a saúde? Veja mais aqui.

Atualmente o óleo de rícino ficou muito famoso por causa de suas propriedades que aceleram o crescimento capilar e por oferecer outros benefícios para os fios. O óleo também é antifúngico e ajuda a limpar o couro cabeludo, prevenindo sua descamação.

Além disso, ele possui propriedades laxantes, pois estimula a movimentação do intestino. Ainda não há estudos que comprovem isso, mas acredita-se que o óleo de rícino possui propriedades anti-inflamatórias e analgésicas, aliviando diversos tipos de dores.

Qual é a composição do óleo de rícino?

Todas as propriedades já citadas e os benefícios que serão abordados a seguir, só existem por causa dos componentes presentes no óleo de rícino. Seus principais nutrientes são:

  • Ômega 9;
  • Ômega 6;
  • Vitamina E;
  • Sais minerais;

Além destes, outros componentes do óleo de rícino são os ácidos graxos, como o ácido ricinoleico, ácido linoleico, ácido palmítico e ácido esteárico.

Para que ele serve?

Como funciona o óleo de rícino? É bom para a saúde? Veja mais aqui.

O óleo de rícino possui diversas funções e oferece muitos benefícios para os cabelos, a pele, as unhas e o organismo no geral.

Cabelos

Graças aos ácidos graxos e às propriedades do óleo de rícino, os cabelos são muito beneficiados. Descubra para que você pode usá-lo:

  • Acelerar o crescimento;
  • Combater a caspa;
  • Hidratar os fios;
  • Combater a oleosidade.

Ele também age em outros pelos do corpo e é muito usado para potencializar o crescimento da sobrancelha, dos cílios e da barba.

Pele

Apesar destas funções não serem tão populares, o óleo de rícino também pode fazer muito bem para a pele, em ações como:

  • Combater a acne;
  • Hidratar a pele profundamente;
  • Acelerar a cicatrização;
  • Hidratar as cutículas.

Corpo e organismo

Ainda, há benefícios para o intestino, a musculatura e o organismo em geral, como:

  • Efeito Laxante;
  • Alívio nas dores musculares e nas juntas;
  • Tratamento de infecções causadas por fungos;
  • Tratamento para cólicas de bebês;
  • Combate à insônia;

Há contra-indicações e efeitos colaterais?

Apesar de oferecer excelentes benefícios para todo o corpo, o óleo de rícino pode causar sérios efeitos colaterais se utilizado de forma incorreta ou em excesso. Por isso, é preciso saber a quantidade indicada e o modo de uso correto do óleo de rícino de acordo com seu objetivo.

Ele não é indicado para:

  • Gestantes;
  • Lactantes;
  • Pessoas com qualquer doença ou irritação intestinal.

Se usado de forma incorreta, os possíveis efeitos colaterais são:

  • Diarréia;
  • Náuseas;
  • Dor abdominal;
  • Cólicas;
  • Desidratação;
  • Alergias de pele.

Como usar?

A forma de uso e a quantidade adequada vai depender do objetivo que você deseja obter com o uso do óleo de rícino. Por isso, é preciso seguir as instruções da embalagem ou, de preferência, fazer o uso sob supervisão médica.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply