Cloreto de Magnésio: para que serve? Ajuda mesmo a emagrecer?

O cloreto de magnésio é classificado como um suplemento alimentar e, como o nome determina, é composto por cloro e magnésio. Extremamente utilizado para fins industrias e medicinais, o cloreto de magnésio ganhou fama por ser relacionado com o emagrecimento.

Será que é verdade? Saiba mais sobre este composto, quais são seus benefícios, efeitos colaterais, como consumi-lo, onde encontrá-lo e claro, descobrir se ele realmente ajuda a perder peso!

Cloreto de magnésio: para que ele serve?

Cloreto de Magnésio: para que serve? Ajuda mesmo a emagrecer?

A água do mar é a maior fonte do composto inorgânico conhecido como cloreto de magnésio. O cloro é um mineral essencial para a saúde do organismo, sendo que ele está mais presente no líquido cefalorraquidiano e nos sucos gástricos – mas para que ele serve?

O cloro pode regular os líquidos do organismo, regular o pH e melhorar a digestão. Mas ainda pode:

  • Manter o sangue nos vasos;
  • Permitir que os músculos se contraiam e relaxem;
  • Conduzir as transmissões entre os nervos;
  • Manter a função correta do fígado;
  • Auxiliar na formação do ácido clorídrico;
  • Participar de algumas reações metabólicas.

O magnésio, por sua vez, faz com que muitas reações fisiológicas e celulares dependam dele. Este mineral atua em cerca de 300 processos enzimáticos e tem como principais funções:

  • Diminuir o risco de doenças no sistema cardiovascular;
  • Atuar na produção da serotonina (neurotransmissor que promove bem-estar);
  • Garantir o metabolismo apropriado do cálcio e do metabolismo ósseo;
  • Reduzir episódios de enxaqueca;
  • Melhorar a função intestinal.

Benefícios do uso

O cloreto de magnésio irá ser extremamente útil para purificar o sangue, a eliminar o ácido que se acumula nos rins, estimular as funções cerebrais e a transmissão de impulsos nervosos, bem como estes outros benefícios maravilhosos:

  • Previne e combate as lesões musculares, a fadiga, o cansaço muscular e as cãibras;
  • Estimula o bom funcionamento do coração;
  • Diminui os níveis do colesterol ruim (LDL);
  • Reduz o estresse e a depressão;
  • Combate os enjoos e a fadiga;
  • Regula a temperatura do corpo;
  • Previne os problemas das hemorroidas, pois auxilia na saúde do intestino;
  • Previne problemas de próstata;
  • Combate tumores;
  • Previne o envelhecimento precoce, pois promove a regeneração celular;
  • Previne a osteoporose;
  • Evita a formação de cálculos renais;
  • Diminui os sintomas da TPM e estimula a regulação hormonal.

O cloreto de magnésio ainda consegue ter outras tarefas: a de lutar contra os radicais livres e limpar as artérias.

É muito benefício para um composto só, não é mesmo?

Contraindicações do cloreto de magnésio

Embora existam tantos benefícios para a saúde, o cloreto de magnésio pode abranger algumas restrições quanto ao uso – isso deve ser conversado com um médico capacitado!

É contraindicado para pessoas que:

  • Sofrem com diarreia, por conta do efeito laxante;
  • Tem doenças renais, em especial relacionadas com a insuficiência;
  • Sofre com colite ulcerosa, pois pode acentuar as diarreias.

Se você estiver em uso de antibióticos, saiba que o cloreto de magnésio pode acabar cortando o efeito. Dessa maneira, é indicado que ele seja consumido pelo menos umas 3 ou 4 horas antes do antibiótico.

Como usar o cloreto de magnésio? Onde encontrar?

Cloreto de Magnésio: para que serve? Ajuda mesmo a emagrecer?

O cloreto de magnésio pode ser encontrado em lojas de produtos naturais na forma de tabletes. O pó deve ser diluído em água filtrada ou mineral, sendo o equivalente a 30 gramas (mais ou menos 2 colheres de sopa rasas) para 1 litro de água.

Porém, você pode ainda fazer o cloreto de magnésio em casa, basta ter em mãos:

  • 1 litro de água;
  • 30 gramas de cloreto de magnésio cristalizado;
  • 1 colher de madeira.

Ferva um litro de água e depois deixe que ele esfrie. Em seguida, coloque a água em uma vasilha de vidro, dissolvendo 30 gramas do cloreto de magnésio cristalizado. Misture bem com a colher, tampe e aguarde.

A dose recomendada é de 50 ml, sendo 1 ou 2 vezes por dia. Dependendo se há algum problema a ser tratado, como uma deficiência série dos minerais, a indicação aumenta para 3 e 4 vezes.

Obviamente, somente um médico saberá estabelecer qual a dose exata conforme suas necessidades. Desde que respeitadas as dosagens, não existem efeitos colaterais – a ingestão em excesso do cloreto de magnésio pode ocasionar dores abdominais, comprometer a função renal, causar alergias e hipotensão.

Cloreto de magnésio emagrece?

A dúvida que paira é se o cloreto de magnésio realmente ajuda no emagrecimento. E a resposta é bem clara: sim! Seus compostos são capazes de quebrar o ciclo vicioso que as pessoas têm em comer de maneira excessiva e desnecessária.

Mas não somente isso, o cloreto de magnésio atua no sistema nervoso, reduzindo a ansiedade, combatendo todo o estresse inflamatório que ocorre quando há deficiência dos minerais, principalmente do magnésio.

O cloreto de magnésio também influenciará os níveis de energia do corpo, garantindo que ele fique mais ativo para as práticas físicas.

E não fosse suficiente, o cloreto de magnésio controla os níveis de açúcar no sangue – a resistência à insulina promove um absurdo ganho de peso. Com uma ação melhor da insulina, mantendo-a controlada, as chances de comer alimentos doces e gordurosos diminui, e o peso também.

É possível lutar contra a obesidade e o sobrepeso com o cloreto de magnésio. Só resta a você procurar um médico ou nutricionista para adequar este composto em sua vida.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply