5 Chás termogênicos para emagrecer e perder barriga

Há algumas ervas que funcionam como verdadeiros termogênicos naturais e, quando consumidos corretamente, aceleram o metabolismo e garantem mais facilidade para emagrecer, ganho de disposição e resultados nos treinos.

Aqui você encontra as 7 receitas de chás com propriedades termogênicas comprovadas que vão ajudar a tornar o seu dia mais produtivo.

Se quiser entender melhor sobre os termogênicos confira o texto completo sobre como funcionam os termogênicos

1. Chá verde

chá verde

O Chá verde funciona como um termogênico natural porque tem grandes concentrações de cafeína, a qual funciona como uma espécie de carga de adrenalina no corpo: acelera o metabolismo, a pressão sanguínea, respiração e queima calórica.

Além disso, o chá verde é rico em polifenóis capazes de inibir uma enzima chamada metiltransferase microssomal hepática, a qual tende a deixar o metabolismo mais lento. Sem ela, a rapidez na queima calórica das células torna-se garantida.

Pesquisas da American Society for Nutrition sobre os efeitos do chá na oxidação de gordura corporal confirmam o potencial emagrecedor da erva.

Entretanto,  os pesquisadores dizem que os resultados podem variar de acordo com a genética da pessoa e ainda questionam que o efeito termogênico do chá garanta melhor rendimento em exercícios físicos.

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de chá verde em folhas;
  • 1 litro de água filtrada.

 

Modo de preparo

  • Deixe a água ferver;
  • Desligue o fogo;
  • Adicione as folhas de chá verde secas na água e tape a panela;
  • Deixe em infusão por 10 a 15 minutos;
  • Coe e sirva;
  • Se quiser, use folhas de hortelã (também termogênicas) para adocicar o amargor natural do chá;
  • Não adoce.

Quantidade recomendada de consumo: duas a quatro xícaras de 50 ml por dia, de preferência, em jejum antes das principais refeições. Pode tomar de manhã para aumentar a disposição. Prefira não tomá-lo à noite pois pode provocar insônia.

Quantidade máxima diária: 600 ml por dia. Se consumido em grandes quantidades pode aumentar a vulnerabilidade cardíaca, desencadear problemas de hipertensão, sudorese e mal-estar.

2. Chá de hibisco

O chá de hibisco deve ser preparado com o tipo Hibiscus Sabdariffa, um tipo de flor que tem maiores capacidades termogênicas e não é a mais comum de se encontrar no jardim de residências.

Segundo pesquisas publicadas no Journal of Ethnopharmacology demonstram que o chá é capaz de reduzir a adipogênese, ou seja, acelera o metabolismo a ponta de facilitar a queima calórica.

A pesquisa ainda garante que ao diminuir o processo de acúmulo de gordura há grandes chances de se perder gordura localizada, sobretudo, as que ficam no abdômen, pernas e costas.

Outro benefício do chá de hibisco é a ação diurética da erva, a  qual ajuda a regular a pressão arterial e manter o corpo desinchado de modo a prevenir a retenção de líquidos que causa uma falsa impressão de sobrepeso.

> Veja aqui 7 receitas com chá de hibisco para te ajudar a perder barriga <

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de flor de hibisco desidratada
  • 1 litro de água filtrada

Modo de preparo

  • Deixe a água ferver
  • Desligue o fogo
  • Inclua as flores secas de hibisco e deixe em infusão por 10 minutos
  • Tome morno sem adoçar
  • Se quiser pode adicionar pedaços de gengibre, suco de meio limão ou um pau de canela. Todos esses ingredientes tendem a potencializar o efeito da termogênese.

Quantidade recomendada de consumo: 400 ml de chá de hibisco, com uma média de 4 a 6 gramas de flor por tomada (equivalente a 2 colheres de chá ou 3 sachês). Consuma preferencialmente em jejum pela manhã e antes das principais refeições. Não há problemas em tomá-lo à noite.

Quantidade máxima recomendada: 500 ml de chá de hibisco por dia. Exageros podem levar à alterações na pressão arterial, insônia, sudorese e dificuldades de concentração.

3. Chá mate

Chá mate termogênico

O chá mate tem duas substâncias que o fazem ser um termogênico natural: a cafeína e a teobromina. Ambas fazem com que o corpo fique acelerado e, por isso, facilitam a queima de gordura corporal.

Numa tese da Universidade de São Paulo foi testado o uso do chá mate em camundongos obesos. Com a pesquisa constatou-se que a erva possuem uma série de benefícios, entre eles:

  • Redução de colesterol total;
  • Controle da motilidade intestinal;
  • Redução da obesidade;
  • Aumento da pressão sanguínea;
  • Atividade antioxidante;
  • Controle da glicemia.

Dessa maneira, o uso do chá está liberado tanto para quem quer perder alguns quilinhos extras quanto precisa de um auxílio na regulação das taxas lipídicas do sangue.

Ingredientes

  • 1 colher (sopa) de chá mate;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo  

  • Ferva a água com o chá mate dentro;
  • Desligue o fogo e deixe a erva em infusão por mais 3 minutos;
  • Tome ainda morno, sem adoçar.

Quantidade recomendada: 400 ml de chá mate por dia, de preferência, depois das refeições e antes dos treinos físicos. Quando tomado em jejum ajuda a aumentar a disposição e a concentração.

Quantidade máxima: não ultrapasse os 500 ml de chá por dia, caso contrário, a alta concentração de cafeína poderá te gerar problemas cardiovasculares e, se consumi-lo à noite, pode provocar insônia e ansiedade. O excesso também pode aumentar a acidez estomacal, provocando dores.

4. Chá preto

Chá preto termogênico

O chá preto é produzido com a Camellia Sinesis, uma erva que tem propriedades termogênicas comprovadas devido a alta concentração de polifenóis e cafeína na planta.

Mediante estudos publicados pela Universidade de Oxford, demonstram que uma única ingestão oral do chá contém cerca de 615 mg de catequinas e 77 mg de cafeína.

Na pesquisa demonstrou-se que, juntas, elas foram capazes de aumentar a temperatura corporal e garantir um aumento do gasto energético basal em humanos que participaram do experimento.

A explicação é a de que a termogênese induzida leva à uma rápida queima calórica, enquanto que as catequinas auxiliam no controle do apetite – visto que os usuários do chá conseguiam manter uma dieta mais controlada do que o grupo que não fazia o consumo do mesmo.

Vale lembrar que o chá branco também é feito com a mesma erva do chá preto, a diferença está no tempo de colheita e maturação da  planta. Por isso, tomar o chá branco também é recomendado para quem busca o efeito termogênico de modo natural.

>> Veja aqui 7 dicas para acelerar o metabolismo <<

Ingredientes

  • 1 litro de água filtrada;
  • 2 colheres de sopa de chá preto.

Modo de preparo

  • Ferva a água;
  • Insira as ervas, desligue o fogo e deixe 3 minutos em infusão;
  • Beba ainda morno.

Quantidade recomendada de consumo: 3 xícaras de 300 ml por dia, uma para cada momento: de manhã, tarde e noite.

Quantidade máxima recomendada: não é recomendado mais do que 1 litro de chá preto por dia, sobretudo, porque pode gerar um certo nível de dependência. Em excesso também pode gerar insônia e desnível da pressão arterial.

5. Chá de gengibre com limão e canela

chá de limão com gengibre termogênico

Essa receita de chá envolve três termogênicos naturais, o limão, o gengibre e a canela. Juntos, eles formam um mix saboroso e com benefícios que vão muito além da perda de gordura corporal.

As propriedades garantidas pela mistura envolvem o fortalecimento do sistema imunológico, atividade antioxidante, anti-inflamatória e uma receita altamente recomendada para tratar gripes, resfriados, dores de garganta e cólicas menstruais.

Não é de hoje que o limão e o gengibre, especialmente, têm sido associados ao controle do sobrepeso. Entretanto, uma avaliação recente feita pela The New York Academy of Science garantiu o consenso médico de que o gengibre tem efeitos benéficos no controle da obesidade, diabetes e problemas cardiovasculares.

Ingredientes

  • 1 litro de água;
  • 1 pedaço de 2cm de gengibre;
  • 1 pedaço de canela em pau;
  • casca de limão e suco de meio limão.

Modo de preparo

  • Ferva o litro de água com o pau de canela, raspas de 1 limão e o gengibre dentro;
  • Assim que levantar fervura desligue o fogo e deixe em infusão por 5 minutos;
  • Coe e sirva. Se quiser, adoce com mel.

Quantidade recomendada de consumo: 3 xícaras de 200 a 300 ml por dia, uma para cada momento. Tomar preferencialmente antes das refeições ou de treinos para induzir à termogênese. Tomar o chá antes de dormir pode gerar sudorese noturna.

Quantidade máxima recomendada: não deve ultrapassar o 1 litro por dia. Excessos podem gerar dores de garganta, febre, dificuldades de concentração, dores musculares e má digestão.

Deixe abaixo a sua receita de chá termogênico!

Referências usadas neste conteúdo

HODGSON, Adrian. et al. The Effect of Green Tea Extract on Fat Oxidation at Rest and during Exercise: Evidence of Efficacy and Proposed Mechanisms.  American Society for Nutrition. Adv. Nutr. 4: 129–140, 2013. Disponível em <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3649093/pdf/129.pdf>

UYEDA, Mari. Hibisco e o processo de emagrecimento: uma revisão da literatura. Saúde em Foco, Edição nº: 07, 2015. Disponível em <http://unifia.edu.br/revista_eletronica/revistas/saude_foco/artigos/ano2015/hibisco_emagrecimento.pdf>

ARÇARI, Demetrius. Efeitos biológicos do consumo de chá-mate (ilex paraguariensis) frente à obesidade em camundongos. Tese de mestrado DOI: 10.11606, 2009. Disponível em <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6138/tde-02032009-094433/en.php>

YONESHIRO, T et al. Tea catechin and caffeine activate brown adipose tissue and increase cold-induced thermogenic capacity in humans. Oxford Academy, American Association of Nutrition, 2017, Disponível em <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28275131>

WANG, Jing et al. Beneficial effects of ginger Zingiber officinale Roscoe on obesity and metabolic syndrome: a review. The New York Academy of Science, 2015. Disponível em <https://nyaspubs.onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/nyas.13375>


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply