Cenoura – Benefícios e Malefícios, Valor nutricional, Preço

Cenoura é um alimento muito conhecido. Por sua versatilidade, ela sempre está presente nos cardápios dos brasileiros. O seu caráter único e o seu sabor incomparável, fazem com que a cenoura seja uma escolha recorrente, podendo ser tanto a estrela principal do prato, como um acompanhamento bastante gostoso.

A cenoura é considerada uma raiz, por nascer, essencialmente, sob a terra. Originária da Europa, ela está presente nos pratos desde a Grécia Antiga, sendo utilizada nos pratos de modos variados. Podemos dizer que a cenoura é um alimento bastante versátil, pois pode ser consumida crua, ao natural, em saladas, cozida, como acompanhamento. Todas as culturas fazem a utilização dessa raiz.

Aqui no Brasil, ela é um alimento muito utilizado nas cozinhas. Por seu gosto incomparável, levemente adocicado, a cenoura conquista crianças e adultos. Além disso, a criatividade pode rolar solta com essa raiz, virando desde um gostoso aperitivo, até o famoso – e delicioso – bolo de cenoura.

Aprenda um pouco mais sobre esse alimento tão versátil.

Cenoura

Benefícios do consumo da cenoura

A cenoura é uma raiz que possui grande quantidade de fibras. Sendo assim, ela pode ser utilizada para o controle e regulação intestinal, manutenção das taxas de colesterol e, também, nas dietas voltadas para a baixa das taxas de açúcar.

Além disso, ela é uma importante fonte de minerais e antioxidantes. A presença massiva do caroteno, componente responsável pela coloração alaranjada, faz com que a cenoura seja uma rica fonte de vitamina A, que é metabolizado quando o caroteno é absorvido pelo organismo.

A cenoura ainda auxilia na melhora da função da retina. Sabe aquele conselho de avó, de que cenoura faz bem para a vista? Pois é a mais pura verdade. Por último, precisamos reforçar que esse alimento é fundamental para o combate dos radicais livres, que melhoram o sistema imunológico.

Conheça outros benefícios do consumo da cenoura:

  • Importante para a revitalização da pele;
  • Auxilia no reforço das mucosas;
  • Tem propriedades antissépticas;
  • Estimula a produção do colágeno.

Tabela nutricional da cenoura

A cenoura contém uma infinidade de proteínas e minerais, que são fundamentais para o bom funcionamento do organismo humano. Acredita-se que uma porção pequena, de cerca de 100 gramas, seja suficiente para alcançar todos os benefícios acima citados. Sendo assim, o consumo recorrente de cenoura, de um modo bastante simples, faz muito bem para a saúde.

Cada 100 gramas de cenoura possui a seguinte composição química:

  • Cálcio- 45 mg
  • Calorias- 51kcal
  • Ferro- 1 mg
  • Gorduras- 0,3g
  • Potássio- 290 mg
  • Proteínas- 1,5g
  • Sódio- 100 mg
  • Vitamina B2 (Riboflavina) – 30 mcg
  • Vitamina B3 (Niacina) – 0,3 mg
  • Vitamina C (Ácido ascórbico) – 27 mg
  • Vitamina K – 5 mg

Cenoura2

Consumo da cenoura no dia a dia

Conforme dito, para alcançar os benefícios que a cenoura propõe, uma porção pequena, de apenas 100 gramas, já é o bastante. No entanto, não há nenhuma indicação negativa para o consumo que vá pouco além dessa quantidade. Mesmo porque, a cenoura é um alimento tão versátil que está presente em uma infinidade de pratos.

Veja algumas opções de consumo da cenoura no dia a dia.

Crua

Como aperitivos e saladas.

  • Palitinhos de cenoura com limão e sal;
  • Ralada, para sanduíches naturais;
  • Nas saladas cruas e refrescantes;
  • Nos sucos.

Cozida

Como um excelente apoio nos pratos.

  • Nas saladas de legumes cozidos;
  • Grelhadas ou no vapor;
  • Nas carnes cozidas.

Como prato principal

  • Bolo de cenoura;
  • Cenoura gratinada;
  • Pão de cenoura;
  • Massa de panqueca feita com cenoura.

Como acompanhamento

  • Purê de cenoura;
  • Cenoura sauté.

Cenoura3

Contraindicações do consumo de cenoura

Nós dissemos que o consumo extra de cenoura não é arriscado. Realmente, isso é verdade, quando não há um excesso demasiado. Esse alimento, por sua composição rica em vitaminas e minerais, faz bem para a saúde. No entanto, ele deve ser evitado nos seguintes casos:

  • Lactantes e lactentes: a riqueza mineral da cenoura pode causar reações nos bebês. Por isso, é desestimulado o seu consumo tanto na alimentação da criança, quanto da mãe;
  • Em caso de apresentar alergia aos componentes do alimento;
  • Diabéticos: a cenoura possui uma grande quantidade de açúcar que, quando metabolizado, pode reagir negativamente aos portadores de diabetes;
  • Consumida em grandes quantidades, a pele pode apresentar coloração alaranjada.

Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 2,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply