Carambola – Tabela nutricional, Benefícios, Consumo e Contraindicações

A fruta que tem um formato de estrela é de origem asiática. A carambola chegou ao Brasil por volta do século XIX, inicialmente produzida no nordeste, mas hoje é facilmente encontrada em todo o país e até cultivada no quintal.

A carambola é uma fruta cítrica com muita vitamina C, mas seu consumo é um tanto arriscado. Conheça os nutrientes da carambola e descubra como consumir sem correr nenhum risco!

Nutrientes da carambola

Carambola

Há vários nutrientes ótimos para o organismo em uma carambola! Ela é uma fonte riquíssima de vitamina C, além de outros minerais como cálcio, ferro, fósforo e as vitaminas A e do complexo B. Juntos, são excelentes para combater e prevenir os (terríveis) resfriados.

Em 100g de carambola, encontra-se:

Benefícios da carambola

A carambola pode ocasionar alguns riscos para a saúde, no entanto ela também é excelente e muito benéfica em vários aspectos.

Previne o envelhecimento precoce

Em sua composição há vários antioxidantes que são capazes de combater os radicais livres, principais responsáveis pelo envelhecimento precoce. Além disso, os mesmos antioxidantes também são capazes de contribuir na eliminação dos resíduos naturais do nosso corpo, que também acarretam no envelhecimento.

Ou seja, a carambola auxilia na diminuição da acne e reduz o aparecimento de rugas e outros sinais da idade.

É um excelente remédio natural

A carambola tem ótimos usos medicinais que podem ajudar com vários problemas comuns. Ela trata queimaduras do sol, ressaca, resfriados, dores de garganta, febre, náusea e até mesmo indigestão.

O chá feito a partir das suas folhas é um bom remédio para aliviar dores de cabeça, micoses e até mesmo catapora.

Além disso, também tem excelentes benefícios na prevenção de algumas doenças, como controlar os níveis do colesterol e também da glicose. Possui ação antimicrobiana, diminui as chances de AVC e doenças do coração (pois é rica em ácido fólico).

Melhora a digestão

Outro componente bom para o organismo e presente na carambola, são as fibras. Elas contribuem para melhorar a digestão e também estimulam o funcionamento adequado do intestino.

Outro benefício das fibras é que elas fazem com que a flora intestinal funcione melhor. Com isso, atua diminuindo os níveis de estresse, evitando infecções e até mesmo a azia causada pela má digestão.

Auxilia na dieta

As fibras também tem outro propósito e benefício: por regular o intestino, estimulam a eliminação da gordura e de toxinas, ajudando a perder peso. Elas também são responsáveis por promover a sensação de saciedade por mais tempo.

Possui poucas calorias e baixo teor de gordura. Além de muitos nutrientes e quantidade significativa de água. Isso faz com que a carambola tenha ação diurética, o que também estimula o emagrecimento.

Ela também tem função hipoglicemiante, em outras palavras, diminui o açúcar do organismo.

Contraindicações e efeitos colaterais

Carambola

Apesar de tantos benefícios e bons nutrientes, a carambola deve ser consumida com cuidado e ressalva. Pessoas com problemas renais devem evitá-la.

A fruta produz uma toxina que pode causar sérios problemas em casos específicos, principalmente em pacientes renais. Ela possui o oxalato e a caramboxina, substâncias que afetam os nervos e o cérebro.

Pessoais saudáveis são capazes de eliminá-las através da urina. No entanto, quem tem problema nos rins tem dificuldade de conseguir eliminá-las. Com isso essas substâncias ficam acumuladas no organismo e podem causar os sintomas de intoxicação como confusão mental, dormência, fraqueza e até mesmo crises epilépticas.

Portanto, pessoas com problemas renais devem evitar. Pessoas saudáveis devem consumir com moderação, já que o excesso pode estimular a formação de cálculos renais.

Dicas de consumo

A carambola pode ser consumida de forma in natura. Basta lavar a fruta e, se preferir, cortá-la para apreciar o seu formato de estrela. Outra forma é o suco de carambola. As folhas também podem ser consumidas em forma de chá.

Há várias receitas que utilizam a fruta, como doces. É usada em abundância na culinária tailandesa, chinesa e indiana.

Doce de carambola

Para fazer o doce de carambola, basta lavar e em seguida picar a fruta em formato de estrela e retirar a semente. Descarte as pontas duras. Coloque a carambola na panela junto com o açúcar de coco (uma colher de sopa para cada fruta) e um pau de canela.

Cozinhe o doce com a própria água da carambola até amolecer a fruta. Sirva gelado.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply