Cará – Tabela nutricional, Benefícios, Consumo e Contraindicações

Diferente do que muita gente pensa, o cará é uma coisa e o inhame é outro. Ambos são comumente confundidos, já que em alguns países o cará também leve esse nome. No entanto, aqui no Brasil são coisas diferentes.

Ambos são tubérculos, ricos em muitos nutrientes e também em carboidratos. O inhame tem um formato mais comprido e possui os pêlos menores. Já o cará é mais redondo e os seus pêlos são mais escuros e longos. Pode ser usado como substituto da batata inglesa, a mandioca e outros alimentos similares. Possui vários benefícios para o organismo e faz muito bem incluí-lo no cardápio.

Veja mais informações sobre as propriedades do cará e saiba como incluí-lo em sua alimentação:

 

Cará

Tabela Nutricional do cará

O cará é uma ótima fonte de vitaminas do complexo B, principalmente a B6 e B9. É um carboidrato complexo, o que significa que fornece energia aos poucos para o corpo. Além disso, 100g de cará também possui:

Há ainda muitos outros nutrientes presentes nesse tubérculo. Isso faz com que o cará possa fazer muita coisa boa pelo corpo humano.

Benefícios do cará

O consumo desse tubérculo proporciona uma boa lista de benefícios para o organismo. Desde uma melhora na circulação sanguínea e até mesmo para deixar os cabelos mais saudáveis.

Auxilia o sistema digestivo

O cará possui boa quantidades de fibras, que por sua vez contribuem para o funcionamento do sistema digestivo. As fibras são responsáveis por proporcionar a sensação de saciedade e por ajudar a estimular o funcionamento do intestino.

Com o intestino funcionando melhor, o corpo acaba expulsando mais toxinas e até mesmo gorduras que estão dentro do organismo. Logo, isso ajuda a melhorar os níveis de diabetes, colesterol e até ajuda a perder um pouco da barriguinha.

Cará

Faz bem para a pele e o cabelo

A vitamina A é uma das responsáveis pelo crescimento saudável dos fios. Como o cará tem boas quantidades dessa vitamina, além do beta-caroteno, mantém o cabelo sempre bonito, forte, com brilho e sem caspas.

Já para a pele, a melhor vitamina é a C. Ela ajuda a aumentar a imunidade e contribui na produção do colágeno. Isso faz com que a pele se regenere com mais facilidade e a deixe mais elástica, combatendo o envelhecimento precoce. Há ainda outros nutrientes ótimos, como os antioxidantes e o ácido ascórbico.

Melhora a circulação sanguínea

Consequentemente, ajuda a controlar a pressão arterial e protege o coração de vários problemas. Os responsáveis por isso são a antocianina (principalmente no cará roxo), o magnésio e o potássio. Os antioxidantes também possuem um papel importante para a circulação, pois eliminam os radicais livres, que podem causar coágulos.

Ajuda no tratamento da depressão e mantém a saúde do cérebro

As vitaminas do complexo B são responsáveis por melhorar a produção de neurotransmissores. Por sua vez, melhorando a produção de neurotransmissores ajuda a combater os sintomas da depressão.

No entanto é importante ressaltar que é necessário manter acompanhamento médico e uma alimentação equilibrada e saudável.

Os neurotransmissores também são responsáveis por melhorar a saúde cerebral. A vitamina B6 ou piridoxina é essencial para o sistema neurológico.

 

Dicas de consumo do cará

O cará é um alimento versátil e pode facilmente fazer parte do cardápio. Ele pode ser consumido cozido sem a casca, substituindo a batata em vários pratos já conhecidos, como purês, caldos, refogados ou outros.

Há também outras formas de encontrá-lo, como a farinha de cará, com a qual pode-se preparar tortas, bolos, pães, biscoitos e outros pratos saborosos.

É importante frisar que o cará, mesmo sendo complexo, é um carboidrato. Sendo assim, não é recomendado abusar no consumo desse ingrediente ao longo do dia.

Cará

Contraindicações

Não há contraindicações sobre incluir cará na alimentação. Inclusive, pode ser oferecido em todas as idades, a partir do 6º mês de vida de um bebê. No entanto, consumi-lo em excesso pode causar diarreia, vômito e até dores de cabeça.

Em grandes quantidades também poderá causar descontroles hormonais, já que pode funcionar como um agente similar ao estrogênio, hormônio feminino.


 

Referências usadas neste conteúdo:

http://www.scielo.br/pdf/abb/v26n3/v26n3a15


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply