Café da manhã e sua importância – O que comer e o que não comer

O café da manhã é a refeição mais importante do dia. Esta máxima é muito conhecida e é reforçada por médicos e nutricionistas, que destacam o longo intervalo sem ingerir alimentos enquanto estamos dormindo, o que impele que a primeira refeição do novo dia seja reforçada.

O café da manhã, ou desjejum, é responsável por repor os estoques de glicose, o que vai dar mais energia para o dia que vem pela frente. Caso contrário, a pessoa poderá ter crises de hipoglicemia (falta de açúcar no sangue), além de dor de cabeça, tonturas e até mesmo desmaios, além de ter mais fome e querer comer doces em outros horários, deixando o indivíduo mais propenso a ganhar peso.

Outro motivo que ajuda a explicar sua importância é que, ao acordar, o nosso metabolismo está um tanto quanto lento e, ao tomar o café da manhã, o metabolismo é ativado. Vejamos a seguir os alimentos que são recomendados para o café da manhã e aqueles que devem ser evitados.

café da manhã importância

O que comer no café da manhã 

Abaixo segue a lista de alimentos recomendados para ser incluso no café da manhã. Em sua maioria, são pequenas porções de carboidratos, bastante quantidade de fibras e açúcares de origem natural como a sacarose proveniente das frutas. Já falamos aqui sobre a importância de uma alimentação rica em fibras. 

  1. Frutas

As frutas são ótimos exemplos de alimentos que podem ser ingeridos no café da manhã. Elas vão proporcionar à pessoa vitaminas e minerais importantes para o metabolismo. Porém, não exagere na dose, uma porção da fruta de sua preferência é o suficiente.

  1. Grãos e cereais integrais

Além de vitaminas e minerais, é importante também consumir grãos e fibras que vão ajudar a melhorar o funcionamento do intestino. Por isso, incremente na sua dieta matinal alimentos como chia, linhaça, quinoa, granola e aveia.

Há diversas opções de sementes e cereais integrais que fornecem carboidratos de baixo índice glicêmico, aminoácidos essenciais e gorduras insaturadas que diminuem a inflamação do organismo e o colesterol ruim, ao mesmo tempo que dão maior saciedade, afastando por mais tempo a fome.

  1. Leite e derivados

É vital também contar com uma boa fonte de proteínas no café da manhã. E isso pode ser encontrado no consumo de leite desnatado ou leite de soja, além da ingestão de ovos, iogurte e queijos magros. Tais alimentos repõem as proteínas perdidas que são essenciais para a recuperação dos músculos, formação de anticorpos, hormônios e enzimas. Além disso, ajudam a proteger a massa muscular.

Ao adoçar o café, chá ou leite deve-se preferir açúcares de origem natural. Saiba porque no conteúdo sobre açúcar ou adoçante: qual o melhor?

  1. Pães, bolachas e torradas

Consumir pão, bolachas e torradas integrais, além de farelo de aveia e tapioca, pode ser positivo para o organismo, pois tais elementos possuem baixo índice glicêmico, podendo gerar apenas a glicose necessária para o bom funcionamento do cérebro, sem sobrecarregar o corpo. Além disso, tais alimentos possuem fibras e demais substâncias que ajudam no sistema digestivo.

Especialistas afirmam que o ideal é reunir no café da manhã todos os grupos alimentares, comendo de tudo um pouco, pois isso vai trazer inúmeros benefícios para a sua saúde.

O que não comer no café da manhã

Alimentos muito açucarados, grandes quantidades de carboidratos e industrializados não são recomendados no café da manhã, já que criam picos de açúcar no sangue e podem prejudicar a digestão ao longo do dia. Alguns exemplos do que não comer são:

café da manhã o que não comer

  1. Embutidos

O consumo de produtos industrializados, tais como presunto, salame, peito de peru e mortadela, não são ótimas fontes de proteína como é o ovo. Além disso, eles carregam muito sódio e aditivos químicos que fazem mal à saúde, em especial quando são consumidos todos os dias. Ingerir tais produtos com frequência pode fazer com que seu corpo retenha mais líquidos.

Para entender melhor sobre o assunto confira a reportagem sobre o perigo dos alimentos ultraprocessados no Brasil. 

  1. Ricos em gordura saturada

Especialistas recomendam que sejam evitados alimentos ricos em gorduras saturadas, caso da manteiga, da margarina, da nata e dos queijos amarelos. Isso porque, o frequente consumo desse tipo de gordura presente em tais produtos pode causar diversas doenças crônicas, como obesidade e problemas cardiovasculares.

  1. Açúcar

Atenção aos alimentos que possuam açúcar, pois eles podem ajudar a aumentar o seu peso e também impedir a liberação rápida da insulina, prejudicando o metabolismo. O mesmo vale para aquele açúcar a mais para dar sabor ao café, chá ou suco, por exemplo.

Quando for adquirir um produto no supermercado, preste atenção aos rótulos de alimentos que se dizem saudáveis, mas contém grandes quantidades de açúcar, caso dos biscoitos.

  1. Requeijão e maionese

Por possuírem poucas proteínas em comparação aos queijos magros, nutricionistas recomendam se sejam evitados o consumo de requeijões e maioneses no café da manhã. Eles pouco trazem de benéfico ao organismo.

  1. Frituras

É fundamental que não se consuma frituras no café da manhã. Aliás, especialistas destacam que quem quer ter uma vida saudável, as frituras devem ser evitadas ao máximo.

Referências usadas neste conteúdo

BISPO, Janaína. Desjejum: uma revisão da literatura. Disponível em <http://www.bdm.unb.br/handle/10483/611>

REVISTA DE NUTRIÇÃO. Café da manhã: caracterização, consumo e importância para a saúde. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-52732010000500016>


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply