Benefícios do óleo de cártamo: para que faz bem? Veja aqui.

O óleo de cártamo é um inibidor de apetite rico em ômega-6 e ômega-9, dois ácidos graxos poli-insaturados e insaturados essenciais para o nosso organismo. Das sementes da planta Cártamo (Carthamus tinctorius) retiramos o óleo de cártamo, é muito utilizado nas dietas pelo seu alto valor nutritivo.

Se sobressai por contribuir na redução do apetite, já que proporciona a sensação de estar satisfeito para todos que o utilizam, além de que o óleo de cártamo ajuda de fato a emagrecer, uma boa opção para quem quer perder peso e aumentar sua qualidade de vida.

O óleo de cártamo possui em sua composição:

  • Calorias: 80 kcal;
  • Gorduras totais: 9 g;
  • Gorduras saturadas: 0,6 g;
  • Gorduras poliinsaturadas: 6,7 g;
  • Gorduras monoinsaturadas: 1,3 g;
  • Vitamina K: 0,65 mcg;
  • Vitamina E: 3,07 mg.

Pela tabela acima é notável que o óleo de cártamo é bastante calórico, mas suas gorduras são principalmente do tipo poli-insaturadas, aquelas que são mais benéficas à saúde que as do tipo saturadas.

O que é e como atua o óleo de cártamo?

Benefícios do óleo de cártamo: para que faz bem? Veja aqui.

As plantas e os produtos naturais derivados delas, têm sido utilizados ao longo da história para vários fins. O açafrão é uma especiaria conhecida, apreciada e cultivada no mediterrâneo desde da antiguidade, como matéria corante, aromatizante e medicinal de suas sementes são extraídas de um óleo com auto valor dietético, muito usado atualmente como suplemento alimentar, o denominado óleo de cártamo.

O óleo de cártamo é rico em ácidos graxos essenciais, em que o ácido oleico (w-9) representa 20 a 30% e ácido linoleico (w-6), 70 a 87% na sua composição. Ele também é uma fonte rica em α-tocoferois, desempenhando assim potente ação antioxidante.

Além disso, estudos demonstraram que o óleo de cártamo é eficaz por aumentar os níveis de serotonina no organismo. Esse neurotransmissor no cérebro está diretamente ligado ao humor, diminuindo assim a ansiedade e promovendo bem-estar, condições que auxiliam a reduzir o apetite e a ingestão de calorias.

Benefícios à saúde

  • Ajuda na perda de peso;
  • Combate a gordura abdominal;
  • Reduz o colesterol ruim e faz bem para o coração;
  • Controla os níveis de açúcar do sangue;
  • Melhora a pele e cabelo;
  • Ajuda no sistema imunológico;
  • Reduz os triglicerídeos;
  • Antioxidante;
  • Reduz o apetite;
  • Combate a celulite;
  • Regula a função intestinal.

Dentre os benefícios do óleo de cártamo estariam ainda as propriedades antibacterianas, auxiliando no combate ao acne.

Formas de consumo

A melhor maneira de tomar óleo de cártamo é seguir uma das indicações a seguir:

Em cápsulas: A indicação é consumir de duas a três cápsulas por dia, 30 minutos antes da principal refeição.

Líquido: A indicação é consumir, aproximadamente, 10g por dia = 1 colher de sopa. Você também pode utilizar o produto para temperar saladas ou na preparação de alimentos refogados.

Contraindicações

Como vimos, o óleo de cártamo é um produto que apresenta várias promessas e precisa ainda de muita pesquisa científica para nos fornecer mais garantias de sua eficácia. A hipótese de “poder promover” uma melhor utilização de gordura como fonte de energia nos deixa entusiasmados com as possibilidades futuras à medida que mais estudos vão sendo realizados.

No entanto, devemos ter muita cautela e senso crítico com promessas milagrosas para a perda de peso. O ideal é procurar um profissional capacitado para auxiliar na busca do equilíbrio do seu organismo, o que, consequentemente, levará a uma perda de peso saudável e uma maior qualidade de vida.

O consumo de Óleo de Cártamo não é indicado para gestantes, lactantes, diabéticos, pessoas em tratamento para problemas relacionados à pressão arterial ou que possuam disfunções renais ou hepáticas, bem como pacientes alérgicos a Girassóis, Margaridas ou que possuam baixa tolerância ao ômega-6.

Efeitos colaterais do óleo de cartamo

Benefícios do óleo de cártamo: para que faz bem? Veja aqui.

Apesar de ser considerado um suplemento seguro, quando consumido em excesso, o Óleo de Cártamo pode ser prejudicial à saúde e trazer alguns efeitos colaterais mais severos. Episódios de náuseas, diarreia, vômitos e dores abdominais são comuns, principalmente nos primeiros dias de consumo do produto e costumam diminuir ao longo dos dias, entretanto, é recomendado suspender a ingestão do produto caso estes sintomas persistam.

Alguns estudos demonstram que o consumo exagerado deste óleo está associado ao aumento de proteínas eliminadas na urina, o que é um sinal de problemas renais, pois, os rins passam a eliminar substâncias importantes para o organismo. A pressão arterial também é afetada pelo consumo do Óleo de Cártamo, um de seus efeitos colaterais consiste em diminuir a pressão.

É comum também a diminuição do colesterol HDL, o que pode dificultar a remoção do excesso de LDL no sangue. O aumento das enzimas hepáticas, aceleração da respiração, taquicardia e diminuição do apetite são outros efeitos colaterais do Óleo de Cártamo, assim como possíveis reações alérgicas como vermelhidão na pele, inchaço e urticária. O consumo deste óleo pode propiciar a ocorrência de inflamações, devido à alta concentração de ômega-6 em sua composição.

Onde encontrar?

O óleo de cártamo pode ser encontrado em lojas de produtos naturais e/ou farmácias.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply