Aspargo – Para que serve, Benefícios, Propriedades e Consumo

O aspargo é um vegetal considerado um superalimento porque é rico em vitaminas e minerais essenciais para o organismo. Sua origem é europeia e há registros antigos de seu consumo nessas terras.

Otávio Augusto, imperador romano que governou de 27 a.C. a 14 d.C., era apreciador do alimento, além de outras personalidades marcantes da antiguidade. Mais tarde, Luís XV, chamado Rei Sol, também se declarou fã do vegetal.

E qual é o motivo de tanto sucesso? Além de ser bastante nutritivo, o alimento também é saboroso, versátil (tanto que pode ser consumido de diferentes formas) e benéfico à saúde.

Para que serve o aspargo?

O aspargo é um alimento com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, o que significa que combate radicais livres, fortalecendo o sistema imunológico, de modo a evitar a contração de doenças simples, complexas (como o câncer) e o envelhecimento precoce da pele.

Além disso, o alimento possui ações drenante e diurética, o que quer dizer que limpa o organismo de toxinas e elimina a retenção de líquido, de maneira a reduz inchaços e medidas.

Aspargo3

Benefícios do aspargo

O consumo contínuo e em quantidades adequadas de aspargo proporciona benefícios especiais à saúde. Conheça, a seguir, quais são eles e entenda como esse alimento pode auxiliá-lo:

Combate de pedra nos rins e doenças na vesícula

Como tem efeito diurético, o aspargo combate doenças associadas à vesícula e pedra nos rins, fazendo com que esses órgãos funcionem mais e adequadamente.

Redução de medidas

O efeito diurético faz com que o corpo elimine todo o excesso de água e consequentemente reduza inchaços e medidas, ajudando a ter um perfil mais enxuto.

Ação antioxidante

O aspargo tem vitaminas A, C e E, que são consideradas antioxidantes, substâncias que fortalecem o sistema imunológico, evitam a contração de enfermidades e combatem sinais de envelhecimento da pele, como rugas e linhas de expressão.

Combate a inflamações

O alimento tem propriedades anti-inflamatórias, portanto, combate inflamações e reduz seus sintomas, proporcionando melhor qualidade de vida. Entre as doenças minimizadas, destaque para a artrite reumatoide.

Proteção do coração

O aspargo tem vitaminas e minerais que reduzem naturalmente os níveis de homocisteína no organismo, que é uma substância nociva para o coração por aumentar o risco de desenvolver doenças cardíacas.

Ademais, o alimento possui asparagina, um aminoácido com capacidade de limpar o excesso de sal no organismo, que está diretamente associado ao aumento do risco de ser vítima de doenças cardíacas.

Aspargo2

Proteção contra diabetes 2

Um dos efeitos do aspargo é melhorar a secreção de insulina e o funcionamento de células do pâncreas que produzem e liberam esse hormônio. Portanto, o consumo desse alimento otimiza o sistema hormonal e reduz o risco de contrair diabetes tipo 2.

Suporte no emagrecimento

O aspargo possui baixa quantidade de caloria e é uma fonte de fibra, substância que melhora o funcionamento intestinal e dá sensação de saciedade, controlando a fome por mais tempo e fazendo com que a pessoa coma menos. Por isso, auxilia na perda de peso de maneira saudável.

Tabela nutricional do aspargo

O aspargo possui diversos minerais e vitaminas importantes para o organismo. Considerando uma porção de 100 gramas do alimento, seus valores nutricionais são:

Aspargo

Como consumir aspargos

A melhor maneira de consumir aspargo é cozido a vapor, refogado em pouca gordura ou em conserva natural feita em casa. Recomenda-se o consumo de uma porção de 100 gramas para aproveitar adequadamente todos os nutrientes do alimento.

Fuja de versões fritas ou com outros alimentos calóricos, como o bacon. A ideia é manter o aspargo saudável para o organismo e o preparo com muita gordura ou sal não é aconselhável.

Aspargo contraindicações

O aspargo é um alimento contraindicado para quem foi diagnosticado com ácido úrico ou alergia ao alimento, no intuito de evitar o agravamento das doenças, especialmente de dores.

Aspargo e odor na urina

Curiosamente, o consumo de aspargo pode fazer com que a urina eliminada tenha odor desagradável. Isto ocorre por conta do ácido asparagúsico presente no alimento, que reage com substâncias do organismo, liberando esse cheiro. Mas, não se trata de algo prejudicial à saúde.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply